sábado, 30 de março de 2013

Março!

Olá meninas!

Depois de mais uns dias de alimentação saudável e exercício físico, o meu peso matinal foram uns belos 58,5 Kg. Estou ligeiramente mais pesada do que 4ª, mas não me preocupo por duas razões: ontem tive o jantar mais pesado da semana - um salmão grelhado de tamanho avantajado e muito salgado com feijão verde e cenoura - e...os intestinos só resolveram funcionar mais tarde. Portanto, acredito que me mantenho nos 58,2/58,3 Kg, e estou descansada. 

Ontem estava a pensar em como Março foi um mês que começou terrivelmente para o processo de emagrecimento e como terminou bem - não tanto em termos do peso, que está igual a Fevereiro - mas em termos de eliminação de vícios alimentares prejudiciais e ganho de hábitos saudáveis. Vamos revê-lo juntas?

No início de Março, eu já sabia que este ia ser um mês stressante. Em primeiro lugar, tinha a apresentação intermédia da tese de mestrado, que quis preparar o melhor possível. Em segundo lugar, tinha uma série de processos de recrutamento agendados, sendo que estes, por serem de primeira fase, duravam 3 horas e tal (ou mais) cada. Os processos de recrutamento, para além do tempo que perco em deslocações, são muito trabalhosos e stressantes para mim, porque faço questão de os preparar no dia anterior. Para além disso, deixam-me sempre muito cansada no final, dado o esforço a fazer todas as provas -numéricas, verbais, diagramáticas, de atenção, etc etc - e de grupo, já para não falar nas entrevistas individuais. Finalmente, fui ainda convidada para ser assistente de uma cadeira de mestrado da faculdade para o resto do mês, o que foi uma surpresa total. Isto implicou mais 3 horas por semana de aulas desta cadeira (mais as deslocações), muitas horas em casa a corrigir trabalhos e algumas horas a tomar decisões relativas à avaliação com a professora da cadeira. Escusado será dizer que este foi um mês muito mais cansativo e desgastante (não parei!) que o normal, com obrigações, deslocações e trabalho mental .

E o que é que me aconteceu no início deste mês cansativo em termos alimentares? O expectável, dado que sempre fui uma "amiga-inimiga" da comida: comi demais, como conforto e forma de aliviar o stress! Sobretudo, ganhei alguns hábitos péssimos: 
  • Abusava no chocolate (Milka com Oreos) antes e depois das entrevistas, para me "dar energia" (bela desculpa!);
  • Abusava da sopa ao jantar, comendo-a quase como sobremesa;
  • Abusava na manteiga que punha nas panquecas Dukan (apesar de light, faz mal!)
  • Fiquei viciada em rebuçados Solanos sem açúcar (só têm 8 calorias cada, mas se comermos muitos, engordam!):
  •  Pedi fritos por iniciativa própria em alguns restaurantes. 
Só pecados. Em termos de actividade física, embora tivesse de faltar a uma ou outra aula de Body Balance, tentei fazer os possíveis para ir a todas as outras e compensar esse Body Balance com uma aula de natação, por isso pode dizer-se que estive bem. 

No início de Março (logo a partir de dia 4), voltei aos 59 Kg, e no dia 13 de Março de 2013, eu estava literalmente "Piursa": os hábitos alimentares desregrados fizeram-me voltar aos 60 Kg, depois de me ter mantido nos 58 Kg na segunda quinzena de Fevereiro. Está bem que eu estava na TPM, mas 2 Kg a mais depois de todo o esforço? Não podia ser! Senti-me desanimada durante uns dias nos quais só fiz pequenas mudanças, mas a partir de 18 de Março, muito inspirada na história da Renata, do blog nossoPesoideal, ganhei força para deixar as desculpas e os hábitos alimentares péssimos que tinha ganho.As mudanças foram para muito melhor!

  • Corrigi todos os vícios que tinha ganho no início do mês: disse adeus ao chocolate, à sopa extra, aos rebuçados Solano, aos fritos por iniciativa própria e reduzi a quantidade de manteiga que usava.
  • Introduzi fruta na alimentação, algo que já não fazia há anos. Durante este processo, descobri que a minha fruta favorita é a papaia, seguida da banana. Também gostei de morangos.
  • Usei métodos culinários com menos gordura e descobri três vegetais maravilhosos e com pouquíssimas calorias: a abóbora, o nabo e os espargos.
  • Disse adeus à mania de colocar leite em todos os cafés que tomava.
  • Até consegui reduzir a quantidade de pastilhas sem açúcar que comia!!! 
Portanto, como estão a ver, embora não tenha sido um mês produtivo em termos de perda de peso - passei metade do mês a engordar e a outra metade a perder o peso que tinha ganho, com muitas flutuações pelo meio - acho que foi um mês que me ensinou muito e que me fez ganhar hábitos alimentares ainda mais saudáveis. Sobretudo, aprendi que a dieta é uma "missão", onde não podem haver desculpas, nem mesmo o stress ou o cansaço. Se queremos ter resultados, é necessário contribuir seriamente para eles, e dar o nosso melhor a cada momento!



Neste momento em que escrevo, grande parte do stress de Março foi-se, e tão cedo não irá regressar: em Abril não há apresentações de tese, já não sou monitora convidada, e as entrevistas (que continuo a ter) embora stressantes e cansativas, são sobretudo de 2ª fase, isto é, entrevistas pessoais que duram 1 hora/1 hora e tal. Não estou em férias da Páscoa propriamente ditas - tal como a dieta, a tese é uma "missão", e ainda tenho uma cadeira para fazer, da qual estou a estudar a pilha de matéria atrasada para me sair bem no exame de Maio. O facto de não andar tão em stress e cansada como no resto do mês ainda é uma novidade para mim, sinto-me quase inactiva. Mas acredito que esta sensação passe. 

Boa Páscoa para Todas!

8 comentários:

  1. Rita, nem me fale desse mês de março! Ôhhh mês difícil! Mas com certeza abril vem para conquistarmos mais coisa boa! Pra quem persiste com certeza bons resultados virão! E você é uma pessoa determinada que se reinventa sempre! Com certeza vem coisa boa pela frente!

    ;* Te adoro muito querida, obrigada pelo apoio sempre.

    ResponderEliminar
  2. Rita querida fiquei até cansada com seu relato, que mês complicado o seu!
    Espero que abril venha pra dar continuidade a essas conquistas e aprendizados que você iniciou em março <3

    Muito orgulhosa das suas conquistas viu?:D

    beijo beijo

    ResponderEliminar
  3. ei!
    realmente teve um mes bem stressante e por isso, posso te dizer q vc se saiu mto bem! conseguiu dar a volta por cima apesar de tanto stress!
    Agora é aproveitar que abril será um mes pelo menos um pouco menos stressante e começar com força total para chegar no final ainda melhor!!!!
    bjos

    ResponderEliminar
  4. oie lindonaa
    aqui a pascoa foi terrivelmente cheia de comilanças..mas sempre é tempo de recomeçar..segundona esta aqui para isso..bjao e boa semana

    ResponderEliminar
  5. Rita, comi demais nessa páscoa, estou triste =(
    Beijinhos...

    http://me-miras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Obrigada pelo teu comentário :)

    O teu mês de Março foi, a meu ver, muito positivo. Agora é continuar com o que iniciaste na segunda quinzena e as coisas no final de Abril serão perfeitas :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Querida, parabéns pela reflexão! O mês de março também esgotou minhas energias, mas sobrevivi! Enquanto sua palavra de ordem foi aprendizado, a minha foi superação! Descobri que sou mais forte e mais determinada do que imaginava. E é tão bom quando isso acontece, não é?! Tenha um mês de Abril ainda melhor que o de Março! :-)

    ResponderEliminar
  8. ei!
    respondendo a sua pergunta, o ovo de pascoa que comi a noite foi de pura gula!!!!
    estou começando a entrar na TPM e meu desejo por chocolate tá forte!!!!
    bjos

    ResponderEliminar

Gosto muito dos vossos comentários! O vosso apoio é importante para mim ;)