sábado, 5 de janeiro de 2013

A chegar aos 59 Kg

Olá!

Hoje a pesagem matinal trouxe-me boas notícias: já estou a entrar na casa dos 50 e tal quilos! A balança marcava 59,8 Kg! Fiquei muito contente com o resultado ; embora não mostre uma descida drástica, mostra claramente que a dieta e o esforço estão a compensar. Devagar, muito devagarinho, estou a chegar ao peso que desejo...que bom!

Há algo que tenho de esclarecer antes de entrar nos detalhes da alimentação e exercício físico dos últimos dois dias: a razão para não perder peso tão rapidamente como outras blogueiras. Em primeiro lugar, eu não sou "gorda" - sou o estilo de pessoa a que chamam normal ou gordinha (dependendo do ponto de vista). O meu IMC, por exemplo, está nos 22...bastante normal e sem indicar sobrepeso. O meu desejo ao iniciar esta dieta era perder alguns quilos extra e bastante inestéticos, que se acumulavam nos sítios mais horríveis para uma mulher: barriga, peito e coxas. No entanto, como sabem, é muito mais difícil perder peso quando se está perto de um peso óptimo do que quando se começa de um peso alto...a minha alimentação antes da dieta já era bem melhor da que uma pessoa mais gorda, por exemplo, e o meu gasto calórico com os exercícios é muito menor do que os de uma pessoa mais gorda. Daí não perder peso tão depressa. Em segundo lugar, não sou adepta das dietas milagrosas, as chamadas "detox" que fazem as pessoas passarem fome durante dias a fio. Esse tipo de dietas não só não se adapta ao meu dia-a-dia - fico extremamente rabujenta e sem conseguir pensar se passo muita fome - como também causam uma fome terrível quando terminam (ou mesmo durante), pelo menos a mim - já fiz a experiência. Prefiro ir com calma, devagar, devagarinho...e os resultados estão a ser bons!

E voltando ao que interessa: ontem (6ª) o meu dia não foi o melhor em termos de alimentação. De manhã bebi o meu cafézinho com adoçante e um pouquinho de leite de soja magro (40 Kcal) e comi um pacotinho de bolachas (64 Kcal) com 4 fatias de fiambre (64 Kcal). Depois, tive aula de Body Balance (-200 Kcal) e de Natação (-300 Kcal). No final do treino, comi outro pacotinho de bolachas (64 Kcal). Fui almoçar com o meu namorado e comi 2 pedaços de frango com salada de alface, tomate e queijo (fresco e feta, não magro). Acho que o prato devia ter 4000/500 Kcal. Lanchei tarde e optei por outro pacotinho de bolachas (64 Kcal), outro cafézinho com adoçante e um pouquinho de leite de soja magro (40 Kcal) e 4 fatias de fiambre (64 Kcal). Fui jantar com amigas (fizemos uma mega saída, como há muito já não acontecia) e o restaurante era norte-americano, à base de pizzas/hambúrgueres/pizzas/massas. Pedi uma salada que era um saladão! Tinha muito queijo (uma das minhas amigas até me perguntou se tudo aquilo era queijo :P), passas, frango, alface, tomate, cenoura e talvez milho, tudo com molho rosa...comi tudo, estava óptima, mas sei que no mínimo foram 600 Kcal (e no máximo 800 Kcal). Antes de deitar, bem tarde, ainda comi uma fatia de fiambre (16 Kcal). O dia ficou-se assim em cerca de 1100 calorias; a alimentação não foi a melhor, mas o exercício compensou. 

Hoje foi tudo mais "light". Acordei relativamente cedo para quem se tinha deitado tão tarde, super motivada para ir à minha nova aula de fim-de-semana, o Body Pump. O meu pequeno-almoço foi uma sobremesa de soja de Chocolate (110 Kcal) com cafézinho com adoçante e um pouquinho de leite de soja magro (40 Kcal), e no final do treino (que queima aproximadamente 200 calorias) comi um pacotinho de bolachas (64 Kcal). O almoço foi fantástico: uma posta de salmão bem grande com feijão verde e cenoura cozida (500/600 Kcal). Lanchei mais ou menos o mesmo de ontem: pacotinho de bolachas (64 Kcal), outro cafézinho com adoçante e um pouquinho de leite de soja magro (40 Kcal) e 3 fatias de fiambre (48 Kcal). E o jantar foi um hambúrguer grelhado com bacon e ananás, e salada de alface e tomate temperada com vinagre. Creio que deve ter ficado pelas 400 Kcal; o hambúrguer era caseiro e pequeno. Portanto, no máximo comi cerca de 1200 calorias, acho que fiquei bem. Agora ainda vou sair para o cinema (ver os Miseráveis! Finalmente!) e há "o perigo" das guloseimas, as temíveis pastilhas com açúcar forma bolas de ténis. Mas tenho-me portado bem, por isso já não me assustam tanto ;)

Fico por aqui.

Beijinho e boas dietas!

4 comentários:

  1. Oi minha linda. Eu também sou totalmente contra coisas desesperadas. A RA é a melhor opção. Eu dou minhas jacadinhas sem peso na consciência, afinal eu malho muito, eu faço a alimentação certinha durante a semana exatamente pra poder comer pizza, lasanha, e entre outras coisas! Eu sou obesa, porém com uma saúde melhor do que muita magrela por aí. Acho que as coisas são sim devagar e sempre. Não adianta perder 10kg em uma semana e acabar com seu organismo. É melhor optar por uma vida saudável e não ter preocupações mesmo sendo gordinha como eu. Um beijoo!

    ResponderEliminar
  2. ei!
    realmente quando nosso peso nao é tao alto, fica mto mais dificil de perder... sei bem como é isso!!!
    mas vc está indo mto bem e isso q importa!
    bjos

    ResponderEliminar
  3. Oi querida, nosso peso é bem parecido, quero chegar logo nos 59 para depois ir para os 54 que é minha meta (magérrima) mas eu sou meio adepta a ficar com fome, já acostumei, só que como faço muito exercicio fisico me alimento bem antes de ir a academia! Espero que sua semana seja ótima em relação a dieta
    Beijos, R.
    Acompanhe minha jornada aqui:
    http://meudiariodedietaa.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. olá...adorei seu blog parabéns...eu tenho um também se chama unidos emagreceremos, comecei minha luta diária com 83 kilos em Outubro de 2013 e atualmente estou pesando 68 kg, quero chegar aos 59, vou sempre visitar seu blog amei!

    ResponderEliminar

Gosto muito dos vossos comentários! O vosso apoio é importante para mim ;)